Consultoria Qualidade | Acreditação PALC Brasil

Consultoria Qualidade | Acreditação PALC Brasil

Consultoria Qualidade Brasil, Acreditação PALC Brasil, acreditação laboratório, Acreditação hospitais, acreditação clinica, acreditação ambulatório, acreditação home-care, acreditação fornecedores hospitalares., Acreditação palc, palc acreditação, palc,

Acreditação PALC

Não deixe os trabalhos de implementação da acreditação para depois, quanto antes você começar melhor, pois, ações apontando para a exigência das acreditações, por entidades governamentais e setores privados, já começaram a surgir, recentemente a Agência Nacional de Saúde (ANS) emitiu a RESOLUÇÃO NORMATIVA - RN Nº 267, DE 24 DE AGOSTO DE 2011 que Institui o Programa de Divulgação da Qualificação de Prestadores de Serviços na Saúde Suplementar. Clique aqui para ver esta Resolução na íntegra.

 

Mas, o que vem a ser esta Resolução Normativa n° 267? De maneira sucinta, simplesmente os Planos e Seguradoras de Saúde obrigatoriamente terão que, por força desta resolução, divulgar em seus meios de comunicação destinados à todos os seus clientes (no Livro de Credenciados e na Internet) as qualificações conquistadas por Laboratórios, Clínicas, Hospitais, etc. Você sabe o quê isso significa? Que se os seus concorrentes aí da sua cidade ou do seu bairro tiverem alguma acreditação conquistada e você não essa realidade vai ficar muito bem evidente para os clientes de um modo geral, e o seu concorrente pode se aproveitar deste fato e usar esta diferença em benefício próprio. Você não faria o mesmo?

 

Conquistar uma acreditação para o seu laboratório não se trata de uma questão de gastos, mas de um investimento na proteção do seu negócio. Há informações de que em Brasília tramita uma minuta, cujo conteúdo, entre outros assuntos, consta uma proposta para que os Planos e Seguradoras de Saúde paguem "CHs" diferenciados para aqueles laboratórios que possuem alguma acreditação. Se isso é fato ou boato esta Normativa n° 267 da ANS pode ser um sinal de que a minuta seja realmente um fato.

 

SERVIÇOS

Consultoria e implementação de todos os Procedimentos Sistêmicos da Qualidade (PSQ), Procedimentos Operacionais Padrão (POP), Manual da Qualidade (MQ), formulários da qualidade, fluxogramas, política da qualidade, melhorias contínuas, gestão do sistema da qualidade, indicadores da qualidade, auditorias interna, treinamentos e todas as documentações necessárias para preparação do laboratório para a auditoria de acreditação.

 

Algumas pessoas tem dito que o termo POP está em desuso, contudo esta nomenclatura não é a principal, ela é de apoio, e há fiscais bem como auditores de entidades acreditadora que a adota, mas esta nomenclatura para procedimentos da qualidade pode ser substituída por qualquer outra, como :

 

PQ : Procedimento da Qualidade;

RT: Rotina de Trabalho;

IT: Instrução de Trabalho;

PRQ: Procedimento de Rotina da Qualidade.

Enfim, a nomenclatura para POP pode, sem problema algum, ser modificada, pois, é um detalhe irrelevante, eu particularmente prefiro POP para procedimentos como equipamentos e execução de exames, PSQ para procedimentos pré e pós analíticos.

 

Os procedimentos da qualidade são documentos que descrevem os processos envolvidos direto ou indiretamente para a execução das atividades, desde o atendimento ao cliente, realização dos exames em toda sua extensão até a entrega do laudo. Assim, todos os procedimentos devem estar corretamente elaborados, conforme exigidos pela legislação e pelas entidades acreditadoras, para as três etapas das análises (Fase Pré-analítica, Fase Analítica e Fase Pós-analítica).

 

Muitos laboratórios vem cometendo um certo erro buscando na Internet baixar exemplos de POPs, PSQs, Formulários, etc. e até mesmo recebendo de alguns fabricantes de kits o que seria um POP (Procedimento da Qualidade) e através disso pensar que está de fato atendendo as normas e resoluções, se fosse tão fácil assim, muitos laboratórios já estariam acreditados. Para a atividade de acreditação é necessário muita experiência na correta formatação dos procedimentos, para que você possa ter uma ideia mais clara compare este POP de Microscópio que disponibilizo aqui com outros POPs de equipamentos que estão disponibilizados na Internet, (clique aqui), observe sua correta formatação, ela segue e atende todas as exigências das legislações ANVISA, portarias municipais e estaduais, bem como aos critérios das entidades acreditadoras, mas não pense que isso basta, este é apenas um POP de equipamento, existem muitos outros procedimentos/documentos necessários. Como por exemplo, cito alguns dos vários procedimentos necessários abaixo :

Fase Pré-analítica: Nesta fase devem existir por exemplo para procedimentos como: Atendimento ao cliente, coleta de amostras, transporte interno/externo de amostras, treinamentos e seus registros, entre outros.

Fase Analítica: Nesta fase a quantidade de procedimentos é bem maior, pois, para cada exame executado deve haver um procedimento, como por exemplo: Glicose, ureia, creatinina, hemograma, VDRL, EAS, etc. Ainda nesta fase devem haver POPs para cada equipamento que esteja envolvido no processo dos exames, como : Analisador bioquímico, centrífugas, microscópios, banho-maria, etc. Cabem ainda nesta etapa os procedimentos para biossegurança, controle interno e externo da qualidade, água reagente, fluxogramas, entre muitos outros.

 

Fase Pós-analítica: Nesta etapa é necessário procedimentos como: Descarte de material biológico, registros, liberação do laudo, análise crítica, indicadores da qualidade, satisfação do cliente, etc.

 

Formulários: Além das elaborações dos procedimentos da qualidade são necessários dezenas de formulários para a formalização dos registros, como por exemplo : Registro de treinamento, controle de temperatura, registro diário de controles, inspeções periódicas, relatório de não conformidade, rastreabilidade e muitos outros.

 

Manual da Qualidade: Este é um documento muito complexo, utilizar apenas um modelo destes disponível na Internet e reformata-lo não adianta, este documento é uma ferramenta muito importante, que descreve de forma real toda a complexidade do sistema da qualidade de seu laboratório. O Manual da Qualidade deve ser muito bem elaborado, porque em breve será exigido como um dos documentos que o laboratório deverá apresentar aos Planos e Seguradoras de Saúde e empresas privadas, bem como em licitações para prestação de serviços para entidades governamentais, sociais, etc.

 

Formatação: Todos os procedimentos seguem formatação profissional, semelhante as utilizadas por empresas certificadas pela NBR ISO-9000. A formatação é algo muito importante, há muitos procedimentos por aí com uma formatação rudimentar, sem capricho. A formatação também é de extrema importância.

 

Disposição Final: Não proponho apenas consultoria, pelo contrário, confecciono todos os Procedimentos da Qualidade e as documentações exigidas, pois, trabalhei durante anos em laboratório e sei como é a rotina interna, o consultor moderno tem que levantar todas as informações das atividades do laboratório, formatar e entregar todo o material pronto, dentro da realidade do laboratório, caso contrário este processo poderá levar muito tempo, e concomitantemente a implantação dos procedimentos submeter seus funcionários a treinamentos nas documentações da qualidade. A minha metodologia permite acelerar a implementação da acreditação, ao contrário de outras consultorias que demoram muito para atingi-la.


Tags:
Orçamento Online